Sobre o Município

O município de Novo Progresso foi criado através da Lei nº 5.700, de 13 de dezembro de 1991, sancionada pelo governador Jader Barbalho (publicada no diário Oficial de 20 de dezembro de 1991, edição nº 27.122) . O município de Novo Progresso foi desmembrado do município de Itaituba, com sede na localidade de vila Novo Progresso, que passou à categoria de cidade, com a mesma denominação.

Sua instalação oficial aconteceu em 1º de janeiro de 1993, com a posse do prefeito, vice-prefeito e vereadores eleitos no pleito municipal de 3 de outubro de 1992.

O primeiro morador da área foi Surfurino Ribeiro, que em 1979 se aventurou pela Santarém-Cuiabá, a procura de terra propícia para a agricultura. Inicialmente instalou-se no km 1.085, onde hoje está localizada a cidade.

A imigração acentuou-se quando da construção da hidrelétrica de Itaipu, quando o governo federal desapropriou imensas glebas no sul. E dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, muitas famílias com o sonho de se fixarem na Amazônia, estabeleceram-se na região do Tapajós. Com a descoberta do ouro, intensificou-se a economia regional.
Em 28 de abril de 1991 realizou-se o plebiscito para que a população opinasse sobre a emancipação municipal. Compareceram às urnas 1.496 eleitores, destes 1.470 eleitores votaram “sim”.

Atualmente, o município possui três distritos, Riozinho das Arraias, Alvorada da Amazônia e Vila Izol-Km1000. O município possui várias povoações importantes, como: Comunidade de Santo Antônio, no km 1.140; Vila Bandeirante, a 30 km da sede; Agrovila, no km 1.027; além de Santa Júlia, Nova Veneza, São José, Nova Veneza, Rosa Mística, Carro Velho, São Roque e Comunidade de Linha Gaúcha.

Arquivo sobre o Município


Geografia

Localiza-se a uma latitude 07º08’52” Sul e a uma longitude 55º22’52” Oeste, estando a uma altitude de 240 metros. Na sua emancipação, em 1993, tinha pouco mais de 5.000 habitantes. Hoje, a população estimada em 2014 foi de 25 169 habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Situada as margens da rodovia BR-163, no antigo km 1085 desta rodovia, está a sede do município de Novo Progresso. Está distante 1.639 km da capital do estado.

O acesso a cidade se dá através da Rodovia Santarém-Cuiabá (BR-163), sendo a divisa do município com o estado de Mato Grosso a 367 km a Sul e a Norte a 100 km com o povoado de Moraes Almeida, localizado no município de Itaituba, PA.

Fronteiras

A Leste e Nordeste com Altamira, pelo Rio Curuá e suas nascentes. Ao Norte com Itaituba, separado pelo Rio Novo, Rio Jamanxim e Rio das Arraias. Ao Oeste com Jacareacanga e ao Sul com o Estado de Mato Grosso.

Clima

O clima é o típico quente e úmido. A temperatura é sempre elevada, com média anual de 27 graus centígrados, chegando muitas vezes a 30 ou 31 graus centígrados. A temperatura mínima fica em torne de 18 graus. A umidade relativa do ar apresenta valores acima de 80% em quase todos os meses do ano, dividindo-se em dois períodos climáticos: o chuvoso, que perdura de novembro a abril e o menos chuvoso, que compreende o espaço entre maio e outubro. Apresenta pluviosidade varia entre 1.800 e 2.200 mm anuais, distribuídos em 7 a 9 meses do ano, coincidindo com as estações da primavera, verão e parte do outono.

Solo

É caracterizado por uma grande heterogeneidade e pode ser considerado regular tanto para agricultura quanto para pastagens. Predominam no município o Latossolo Amarelo e o Vermelho. Em menores proporções aparecem os solos Litólicos, Areia Quartoza, Gleys pouco úmido e aluviais e hidrográficos.

Subsolo

O Subsolo de Novo Progresso é rico de inúmeros tipos de minérios como: o ouro e a cassiterita e pedras preciosas e semipreciosas como à opala de fogo e o muriom, Novo Progresso tem riquezas incalculáveis em seu subsolo e ainda praticamente inexploradas.

Relevo

Suas formas de relevo são muito diversificadas, destacando-se ao sul, parte da Serra do Cachimbo. Há também presença de colinas, chapadas, cristais, além de tabuleiros em áreas sedimentares. Apresenta algumas áreas acidentadas, porém que não ocupam 30% do município.

Hidrografia

Nossa hidrografia é constituída de rios, furos e igarapés. A região é muito bem servida de água. Conta com um grande número de córregos afluentes dos principais rios, que são Jamanxim, Curuá, Rio Claro, Rio Novo, São Benedito e Mutuacá.

Minério

Com minas gigantescas e ainda completamente inexploradas, como é o caso do granito, que por sinal, é um dos melhores do planeta, Novo Progresso tem condições de extração continua por mais de novecentos anos. Gerando muitos empregos e renda para o município e o estado. A burocracia e as leis ambientais não permitem a exploração, guardando riquezas incalculáveis no fundo da terra.

Vegetação

Predomina a Floresta Aberta Latifundiada (Cipoal), Floresta Aberta Mista (Cocal) e Floresta Equatorial, com emaranhado de plantas de diversas alturas. Encontram-se facilmente árvores de grande porte e com mais de 30 metros de comprimento. As espécies predominantes são: a Castanheira (árvore protegida por Lei), o Ipê, Jatobá, Angelim, sendo ainda encontradas árvores de Cedro e Magno, etc.

Este é um pouco de Novo Progresso, com certeza a cidade que mais cresce no sudoeste do Pará. Venha e conheça!


Economia

A principal atividade econômica do município de Novo Progresso é a pecuária, devido a grande quantidade de propriedades rurais existentes na região.

Além da pecuária, existe a relevância das atividades garimpeiras e madeireiras, além da construção civil por ser um município em desenvolvimento e devido ao trabalho de asfaltamento da Rodovia que liga Santarém a Cuiabá.

No Primeiro Encontro de Produtores da Pecuária de Novo Progresso, realizado no primeiro semestre de 2014, estimava-se que a população bovina do município era de 1.500.000 (um milhão e quinhentas mil cabeças de gado), sendo quase a totalidade destinada ao abate e produção de carne e derivados. A porcentagem não destinada ao abate, são criadas por propriedades rurais familiares destinadas a subsistência dos ocupantes da terra.

Novo Progresso tem:

4.125 Propriedades rurais;

12.047 Hectares de área ocupada com culturas agrícolas;

1.800 Hectares de área ocupada com plantio de arroz;

350 Hectares de área ocupada com plantio de feijão;

120 Hectares de área ocupada com plantio de café;

9.777 Hectares de área ocupada com outros tipos de plantio

400.000 Hectares de área ocupada com pastagem;

1.500.000 Cabeças de gado;

3.405 Cabeças de ovinos e caprinos;

A Agricultura já iniciou o processo de implantação da piscicultura no município, com capacitação para 232 produtores rurais.

Na pasta do Meio Ambiente foi enfatizado à habilitação do município para licenciar mais de 270 atividades, inclusive na área garimpeira de 300 hectares.


Hino

Brava gente que o progresso constrói
Braços dados caminhando sempre à frente
Novo Progresso é a terra que eu amo
Lindo berço que acolheu a nossa gente

Verdes matas, belos rios e cachoeiras
São encantos do turismo natural
Os minérios, a pecuária e a madeira
São herdeiras do futuro potencial

A cultura do Pará nos dá alegria
Outras raças suas tradições implantou
Somos povos deste país brasileiro
Mensageiros de alegria, paz e amor

Somos povos deste país brasileiro
Mensageiros de alegria, paz e amor
Sobre as margens da cuiabá-santarém
Desbravou-se matas virgens pra nascer

A cidade que o tempo consagrou
Para ver os nossos filhos crescer
Somos parte da nossa linda Amazônia
Vamos todos preservar e sempre ter

O ar puro e as belezas deste mundo
Para aqueles que um dia vão nascer
A cultura do Pará nos dá alegria
Outras raças suas tradições implantou

Somos povos deste país brasileiro
Mensageiros de alegria, paz e amor
Somos povos deste país brasileiro
Mensageiros de alegria, paz e amor


Acessibilidade
Acessibilidade